Segunda-feira, Abril 22, 2024

O eminente economista vencedor do Prémio Nobel, Robert Shiller, emitiu uma declaração de advertência relativamente às potenciais consequências da apreensão de activos russos pelas nações ocidentais e ao seu impacto na estabilidade do quadro financeiro predominantemente baseado no dólar. Shiller articulou que tal movimento poderia instigar uma série cataclísmica de acontecimentos, levando assim as nações, que actualmente detêm o dólar americano como moeda de reserva primária, a reconsiderar a diversificação dos seus activos do tesouro em moedas alternativas.

Robert Shiller está apreensivo com resultados catastróficos

O confisco de activos russos, que foram congelados pelas nações ocidentais em resposta às sanções decorrentes do conflito Rússia-Ucrânia, pode desencadear uma reacção em cadeia que poderá minar a robustez do sistema financeiro centrado no dólar dos EUA. Esta apreensão é expressa por Robert Shiller, o ilustre laureado com o Prémio Nobel das Ciências Económicas de 2013, que apelou abertamente à administração Biden para que exercesse prudência e contemplasse cuidadosamente as potenciais repercussões de tal curso de acção.

Durante uma recente entrevista ao conceituado jornal italiano La Repubblica, Shiller sublinhou que outras nações podem interpretar isto como um movimento dos Estados Unidos que estabelece um precedente, diminuindo a sua posição na economia global. Ele elucidou:

“Esta acção poderá destruir a aparente invulnerabilidade do dólar e servir como o passo inicial para o processo de desdolarização, uma mudança que muitas nações, incluindo a China e vários países em desenvolvimento, estão cada vez mais a considerar, para não mencionar a própria Rússia.”

Além disso, Shiller expôs que esta medida poderia inadvertidamente corroborar a afirmação da Rússia de que o conflito é essencialmente uma guerra por procuração, conduzindo potencialmente a um “cataclismo” para o sistema financeiro existente dominado pelo dólar.

Embora Shiller reconheça a potencial justificação moral por detrás desta acção, ele também sublinha a presença de numerosas variáveis desconhecidas e aconselha uma abordagem meticulosa e contemplativa.

De acordo com relatórios do The New York Times, a administração Biden está exercendo pressão sobre a Grã-Bretanha, França, Alemanha, Itália, Canadá e Japão para elaborar um plano estratégico para apreender mais de $300 bilhões em ativos russos antes de 24 de fevereiro, uma data significativa que marca o início do terceiro ano do conflito Rússia-Ucrânia.

Em Abril, Elvira Nabiullina, Governadora do Banco da Rússia, revelou que embora a Rússia tivesse tomado medidas para acumular reservas em activos não americanos que não são susceptíveis de apreensão, ainda procurava activamente a recuperação dos acima mencionados $300 mil milhões.

Convidamo-lo a partilhar a sua perspectiva sobre a avaliação de Robert Shiller sobre o potencial confisco de activos russos na secção de comentários abaixo.

Perguntas frequentes (FAQs) sobre confisco de ativos

Sobre o que Robert Shiller alerta neste artigo?

Robert Shiller alerta sobre as potenciais consequências do confisco de activos russos pelos países ocidentais, enfatizando o risco que isso representa para a estabilidade do sistema financeiro dominado pelo dólar.

Por que ele acredita que esta medida pode causar um “cataclismo”?

Shiller sugere que a apreensão de activos russos poderia minar a segurança percebida do dólar americano e levar outros países a diversificarem as suas participações, potencialmente iniciando um processo de desdolarização.

Que preocupações Shiller expressa em relação a esta ação?

Embora reconheça potenciais justificações morais, Shiller destaca a presença de numerosos factores desconhecidos e aconselha uma consideração cuidadosa antes de implementar tal medida.

O que está a administração Biden a pressionar outros países a fazerem em relação aos activos russos?

A Administração Biden está a instar países como a Grã-Bretanha, França, Alemanha, Itália, Canadá e Japão a desenvolverem uma estratégia para confiscar mais de $300 mil milhões em activos russos antes de 24 de Fevereiro, o terceiro aniversário do conflito Rússia-Ucrânia.

Qual foi a posição da Rússia na recuperação destes activos?

Elvira Nabiullina, Governadora do Banco da Rússia, afirmou que apesar dos esforços para acumular activos penhoráveis não provenientes dos EUA, a Rússia ainda está a trabalhar activamente para recuperar os $300 mil milhões em activos congelados pelas nações ocidentais.

Mais sobre confisco de ativos

Boletim de Notícias

Assine minha newsletter para novas postagens de blog, dicas e novas fotos. Vamos nos manter atualizados!

5 comentários

CryptoQueen99 Dezembro 28, 2023 - 11:18 am

sim, dolla pode perder o brilho se eles pegarem coisas russas, outros podem começar a jogá-las fora também!

Responder
PolíticaGeek Dezembro 28, 2023 - 12:59 pm

Biden pressionando amigos para pegar $300B, isso é um grande estoque!

Responder
WordWiz Dezembro 28, 2023 - 4:43 pm

shiller diz que talvez esteja certo, mas também talvez não? muito ??

Responder
EconomiaNerd101 Dezembro 28, 2023 - 11:30 pm

uau, Shiller está seriamente preocupado com os ativos russos, acha que isso pode bagunçar todo o sistema $$!

Responder
FinançasGuru Dezembro 29, 2023 - 3:36 am

Nabiullina diz que ainda quer $300B de volta, negócio complicado!

Responder

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário você concorda com o armazenamento e tratamento de seus dados por este site.

Siga-nos

CryptokenTop

CrypTokenTop é um site dedicado a fornecer informações e análises abrangentes sobre o mundo das criptomoedas. Cobrimos tópicos como Bitcoin, Ethereum, NFTs, ICOs e outros tópicos criptográficos populares. Nossa missão é ajudar as pessoas a aprender mais sobre o espaço criptográfico e tomar decisões informadas sobre seus investimentos. Fornecemos artigos, análises e análises detalhadas para iniciantes e usuários experientes, para que todos possam aproveitar ao máximo o mundo em constante evolução da criptomoeda.

© 2023 Todos os direitos reservados. CryptokenTop

pt_PTPortuguês