Sexta-feira, 12 de abril de 2024

A Comissão de Valores Mobiliários e Futuros (SFC) de Hong Kong anunciou que agora divulgará publicamente os nomes das empresas que pretendem estabelecer plataformas de negociação de criptomoedas no território. Julia Leung Fung-yee, CEO do SFC, indicou que a publicação de tais informações visa aliviar as preocupações da comunidade de investimentos, especialmente na sequência da recente crise da Jpex.

Aliviando as Preocupações entre os Usuários de Criptomoedas de Hong Kong

A decisão da Comissão de Valores Mobiliários e Futuros de Hong Kong de tornar públicos os nomes das entidades interessadas em operar plataformas de negociação de criptomoedas concebidas para consumidores regionais é uma mudança na política. Julia Leung Fung-yee, CEO do SFC, afirmou que a iniciativa foi realizada para amenizar as preocupações do público.

Um artigo recente no South China Morning Post observou que esta medida significa uma divergência notável em relação à política anterior do SFC de ocultar nomes de candidatos. Esta alteração de política foi anunciada logo após a Jpex, uma bolsa de criptomoedas, ter cessado suas atividades comerciais.

Naquela época, uma reportagem do CryptokenTop.com destacou que a cessação das negociações da Jpex foi seguida por várias prisões e um maior escrutínio do setor de criptomoedas na região. Uma declaração subsequente do SFC enfatizou que o incidente da Jpex sublinhou a necessidade de regulamentação rigorosa das plataformas de negociação de criptomoedas.

Importância da divulgação de informações aos investidores

O SFC também elaborou sobre a importância de divulgar informações vitais aos investidores em criptomoedas através de suas listas de alertas, anúncios de advertência e esforços educacionais. A comissão observou ainda:

O SFC está em negociações com as agências de aplicação da lei para estabelecer um canal dedicado à troca de informações sobre atividades suspeitas e violações por parte das Plataformas Virtuais de Negociação de Ativos (VATPs), com o objetivo de investigar minuciosamente o caso Jpex e garantir ações legais contra os culpados.

Ao comentar sobre a nova política de divulgação dos nomes dos candidatos, a CEO Julia Leung Fung-yee esclareceu que a inclusão na lista não equivale à conformidade regulatória. De acordo com o site oficial do SFC, apenas duas empresas – OSL Digital Securities e Hash Blockchain – estão atualmente licenciadas para operar plataformas de negociação de criptomoedas. Quatro outras organizações – HKVAX, Hkbitex, Hong Kong BGE Limited e Victory Fintech Company Limited – enviaram pedidos para a mesma licença.

Para mais informações ou opiniões sobre esta história, sinta-se à vontade para compartilhar suas idéias na seção de comentários.

Perguntas frequentes (FAQs) sobre a Comissão de Valores Mobiliários e Futuros de Hong Kong

Qual é a nova política anunciada pela Comissão de Valores Mobiliários e Futuros (SFC) de Hong Kong?

A Comissão de Valores Mobiliários e Futuros de Hong Kong anunciou que divulgará publicamente os nomes das empresas que solicitam licenças para operar plataformas de negociação de criptomoedas na região.

Porque é que o SFC decidiu implementar esta nova política?

O SFC visa aliviar as preocupações da comunidade de investidores, especialmente após a recente turbulência causada pelo incidente da Jpex. A divulgação pública visa trazer transparência e incutir um sentimento de confiança entre os investidores.

Estar listado significa que as empresas estão em conformidade com os regulamentos?

Não, estar listado não significa estar em conformidade com os requisitos regulamentares. Julia Leung Fung-yee, CEO da SFC, afirmou explicitamente que a inclusão na lista não implica conformidade regulamentar.

Quais são as atuais empresas licenciadas pelo SFC para operar como plataformas criptográficas?

De acordo com o site oficial do SFC, apenas OSL Digital Securities e Hash Blockchain estão atualmente licenciados para operar como plataformas de negociação de criptomoedas.

Quantas outras empresas solicitaram a mesma licença?

Quatro outras entidades apresentaram pedidos para receber a mesma licença para operar uma plataforma de negociação de criptomoedas. Essas empresas são HKVAX, Hkbitex, Hong Kong BGE Limited e Victory Fintech Company Limited.

O que o SFC pretende fazer em relação ao incidente Jpex?

A SFC está em negociações com as agências de aplicação da lei para estabelecer um canal dedicado à troca de informações sobre atividades suspeitas e violações por parte das Plataformas Virtuais de Negociação de Ativos (VATPs). O objetivo é investigar minuciosamente o caso Jpex e garantir ações legais contra os responsáveis.

O SFC também divulgará outras formas de informação aos usuários de criptografia?

Sim, o SFC também planeia continuar a divulgar informações vitais aos investidores em criptomoedas através das suas listas de alerta, anúncios de advertência e iniciativas educacionais para ajudá-los a compreender os riscos associados aos ativos criptográficos.

Mais sobre a Comissão de Valores Mobiliários e Futuros de Hong Kong

Boletim de Notícias

Assine minha newsletter para novas postagens de blog, dicas e novas fotos. Vamos nos manter atualizados!

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário você concorda com o armazenamento e tratamento de seus dados por este site.

Siga-nos

CryptokenTop

CrypTokenTop é um site dedicado a fornecer informações e análises abrangentes sobre o mundo das criptomoedas. Cobrimos tópicos como Bitcoin, Ethereum, NFTs, ICOs e outros tópicos criptográficos populares. Nossa missão é ajudar as pessoas a aprender mais sobre o espaço criptográfico e tomar decisões informadas sobre seus investimentos. Fornecemos artigos, análises e análises detalhadas para iniciantes e usuários experientes, para que todos possam aproveitar ao máximo o mundo em constante evolução da criptomoeda.

© 2023 Todos os direitos reservados. CryptokenTop

pt_PTPortuguês